Arquivo de setembro, 2010

arte – “Incarnation” by Mark Ryden (Lady Gaga copiou esse vestido?)

Posted in arte, ModaEstilo, Pop :) with tags , , , on setembro 28, 2010 by pattindica

Mark Ryden começou a pintar esse quadro em abril, ou seja, quatro meses antes do VMA onde Lady Gaga apareceu usando um vestido de carne. Pode ser que ela tenha se inspirado nesse quadro… ou não.

imagino o cheiro disso...argh!

Vejam o vídeo do quadro sendo pintado por Mark

Eleições 2010 (tô sentindo um cheiro de cachaça…)

Posted in Bobagensdivertidas, emailRepassando, HumOr, Pense nisso with tags , on setembro 27, 2010 by pattindica

Qmeda...

Enquanto isso na sala de espera do proctologista…

Posted in Bobagensdivertidas, Charges, emailRepassando, Essa é boa, HumOr with tags , on setembro 27, 2010 by pattindica

"Quem é o próximo?" hahaha

Google comemora 12 anos com “bolotipo” (bolo no lugar de logotipo)

Posted in arte, infonotas with tags , , on setembro 27, 2010 by pattindica

viaqui: http://tecnologia.terra.com.br/noticias/0,,OI4703678-EI12884,00-Google+comemora+anos+com+bolo+no+lugar+de+logotipo.html

Doodle foi desenhado pelo artista americano Wayne Thiebaud
Foto: google.com/Reprodução

O Google comemora seu 12º aniversário nesta segunda-feira com a ilustração de um bolo no lugar do logotipo em seu site. O doodle – mudança no logotipo que o Google usa para datas especiais – foi desenhado pelo artista americano Wayne Thiebaud, conhecido por representar objetos do cotidiano, como cachorros-quentes, brinquedos e, é claro, bolos.

É difícil definir a data exata do aniversário da empresa. Neste mês, o Google comemorou os 12 anos da abertura do seu primeiro escritório no dia 7, e no seu site oficial um pequeno perfil diz que a constituição da empresa se deu no dia 4 de setembro de 1998. Polêmicas a parte, o dia 27 de setembro é a data mais comum de comemoração do buscador.

Doodles
O primeiro doodle surgiu em 1999, quando os fundadores do Google criaram um logotipo especial para informar aos usuários do site que eles haviam saído da empresa. O sucesso foi tão grande que hoje a companhia tem uma equipe de designers voltada para a criação dos logotipos especiais.

A equipe já criou mais de 300 doodles nos Estados Unidos e mais de 700 para o resto do mundo.

viaqui

Cenas de um casamento…(em tempos de internet)

Posted in Bobagensdivertidas, emailRepassando, Essa é boa, HumOr with tags , , on setembro 21, 2010 by pattindica

"mas vc não recebeu o email que eu te mandei?" (sacanagem, hehe)

arte – “Mona Lisa é uma vampira” por Mike Mayhew

Posted in arte, Essa é boa, Pop :) with tags , , on setembro 19, 2010 by pattindica

Pesquisadores desenvolvem roupa em spray

Posted in Essa é boa, ModaEstilo, Pop :) with tags , , on setembro 17, 2010 by pattindica

Já pensou em fabricar suas próprias roupas como quiser em apenas 15 minutos? E a melhor parte é que ela sempre vai cair como uma luva. O Fabrican (em tradução literal, “tecido em lata”) foi invenção do designer espanhol Manel Torres com colaboração técnica e científica do Imperial College e o Royal College of art de Londres.

viaqui: http://revistagalileu.globo.com/Revista/Common/0,,EMI172282-17770,00-PESQUISADORES+DESENVOLVEM+ROUPA+EM+SPRAY.html

O material dentro da lata é formado por fibras de algodão, polímeros (substâncias plásticas para dar liga e “colar” as fibras) e solventes que mantêm tudo em estado líquido para ser espirrado no corpo. Depois que a mistura atinge o corpo e ganha sua forma, começa a secar rapidamente. Em cerca de 15 minutos, a nova roupa está pronta.

A ideia dos pesquisadores é criar um tecido que rapidamente toma a forma dos objetos onde é depositado. Além de ser usado por pessoas que querem ter roupas totalmente customizadas, o Fabrican poderia ser usado como ataduras em hospitais, na indústria e por designers. E onde mais a imaginação permitir.

O tecido em lata parece futurista, mas em breve estará disponível aos consumidores, garantem os criadores. Para quem se preocupa com sustentabilidade, a roupa em lata pode ser lavada e reutilizada. E quando seu dono enjoar do modelo, ele poderá ser dissolvido e virar matéria-prima para novas roupas.O próximo passo dos cientistas é tentar agradar a quem não gosta de roupas coladas ao corpo e minimizar o cheiro de solvente das peças. Confira o video abaixo:

via: RevistaGalileu